domingo, fevereiro 13, 2011

QUEM É NATAN MARQUES?


Natan Marques, aos treze anos, ganhou de seu pai um violão e, com a ajuda de um barbeiro amigo da família, aprendeu os primeiros acordes. A partir deles começou a tocar, a seu modo, as músicas que ouvia no rádio e nos parques de diversão.

Ele recorda que, por influência de seus pais, freqüentava a igreja metodista. "Ao lado do templo havia uma quermesse que começava em junho e ia até o final do ano. Eu ficava dentro da igreja, mas com os ouvidos na música que tocava lá fora - Luiz Gonzaga, Bienvenido Grana, Trio Los Panchos, Ângela Maria, Nelson Gonçalves, Connie Francis, Pat Boone... Não deu outra: troquei a igreja pela quermesse."

Natan, que não tem parentes músicos, viu-se influenciado, naquele tempo, pelo repertório que seu vizinho ouvia em casa: Luiz Gonzaga. Descobrindo sozinho como harmonizar as músicas, mais tarde passou a tocar na noite, em bailinhos e programas de televisão, como os de Sílvio Santos e Chacrinha. Fez, também, várias excursões pela Companhia de Navegação Lloyd Brasileiro, tocando em navios de turismo.

Na TV Excelsior, Natan Marques integrou a Banda Jovem do Maestro Peruzzi, músico que lhe ensinou a ler cifras e o levou a fazer as primeiras gravações em estúdio.

Foi assim que Natan aprendeu música: "Sou um 'baileiro' de formação. Os bailes e a noite foram escolas muito importantes para grandes músicos e intérpretes do Brasil."

Entre as experiências que lhe trouxeram base musical, aos 19 anos e ainda sem muito conhecimento de harmonia, teve a oportunidade de viajar com uma companhia de teatro de revista pelo nordeste, tocando com diferentes artistas. "Nesse trabalho, tive a honra de acompanhar a inesquecível Dalva de Oliveira."

Até 1974, Natan tocou na noite paulistana, nas famosas "boca do lixo" e "boca do luxo", como eram chamados os prostíbulos e boates elegantes do centro da cidade de São Paulo, mais precisamente da rua Nestor Pestana. "Foi nessa época que resolvi estudar teoria musical. Procurei o contrabaixista Luiz Chaves no CLAM, escola do Zimbo Trio. Acabamos nos dando muito bem musicalmente; tanto assim, que ele me indicou para integrar o grupo da maior cantora que esse país já teve até hoje: Elis Regina."

O músico, arranjador e compositor Natan Marques talvez seja mais conhecido por ter acompanhado a diva Elis Regina durante oito anos, desde que se conheceram em 1974 até o momento em que ela infelizmente se calou. Desde então, Natan já enriqueceu músicas de Djavan, Ivan Lins, Simone e Renato Teixeira, entre outros.

Nenhum comentário: